Prefeitura “oficializa” rombo de R$ 300 mi na arrecadação para 2018


A previsão de arrecadação para 2018 em Barueri prevê um rombo de R$ 300 milhões por conta das mudanças que geraram a Lei Complementar Federal 157, de dezembro de 2016, que alterou as formas de cobrança do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) nos municípios brasileiros.

Até então apenas “estimada” em discursos de autoridades e notas da Prefeitura de Barueri à imprensa, o valor a menor a se arrecadar com o ISS – que representa a maior fatia de receita da cidade – puxa para baixo a previsão orçamentária de 2018, em relação à deste ano.

Se 2017 foi um ano difícil,2018 não será diferente.