Vacinação de cães e gatos prossegue em Barueri até final de setembro


O cuidado com os bichinhos de estimação não permite distração, por isso a Secretaria de Saúde de Barueri, por meio do Departamento de Controle de Zoonoses, prorrogou a aplicação de vacinas contra a raiva até o final de setembro. 

A Campanha Antirrábica 2017 aconteceu no município durante todo mês de agosto, mas quem ainda não vacinou seu melhor amigo de quatro patas, seja cão ou gato, pode levá-lo até o Canil Municipal, que fica na av. Anhanguera, 200, Centro – Barueri, das 8 às 17h, até o final deste mês. 

Jd. Paulista e Pq. dos Camargos 
Além do posto fixo, a equipe de Zoonoses estará presente no Jardim Paulista no dia 23 (av. Marginal Direita, na praça, próximo ao número 272) e no Parque dos Camargos no dia 30 (Rua Iara, 346, também na praça). A escolha desses bairros se deu devido ao grande número de população canina presente em ambos. 

Até o momento já foram vacinados 15.539 cães e 4.138 gatos. Com relação aos felinos, a meta, que era de 3.104, chegou até a ser ultrapassada, diferentemente dos caninos, cuja meta é alcançar uma cobertura vacinal de 20.278. 

Além do cuidado com o animal, a diretora técnica do Departamento de Zoonoses de Barueri, Juliana Bimbo, alerta para os riscos da não-vacinação. “A importância de manter a vacinação dos animais de companhia (cães e gatos) em dia é prevenir o risco de transmissão da raiva, que é uma doença de alta letalidade que pode ser transmitida a humanos”, ressalta. 

Fique atento 
A vacinação é gratuita. Devem ser vacinados animais a partir do terceiro mês de vida. Os bichinhos que tomarem a medicação pela primeira vez precisarão retornar após um mês para a revacinação. A vacina é contraindicada em animais que estejam muito debilitados e também em fêmeas prenhas ou que estejam amamentando. 

Recomenda-se que gatos sejam levados em caixas especiais, bolsas ou sacolas resistentes para evitar fugas e acidentes. Os cachorros devem estar com coleiras e guias apropriadas. Mais informações podem ser obtidas diretamente na Zoonoses, pelo telefone 4198-5679.