Câmara de Osasco aprova passe livre para professores


Projeto de lei de autoria do vereador Batista Comunidade vale para ônibus municipais e, agora, segue para sanção do prefeito Rogério Lins que poderá vetá-lo


A Câmara Municipal de Osasco aprovou na sessão ordinária da última terça-feira, 19, em segunda votação, ou seja, em caráter definitivo, o projeto de lei de autoria do vereador Batista Comunidade (Avante) que concede passe livre aos professores municipais no transporte coletivo da cidade.

Os parlamentares também aprovaram, dessa vez em primeira votação, a proposta da prefeitura que altera a tabela de referência do quadro de pessoal do magistério o que, na prática, aumenta os salários dos professores. A proposta ainda será votada em segunda votação, o que pode acontecer já na sessão de hoje.

Com a aprovação do projeto de Batista, os professores da rede municipal de ensino terão direito a transporte gratuito nas linhas de ônibus municipais de Osasco. O projeto ainda prevê a celebração de convênio entre a prefeitura e o governo do estado de São Paulo para que o benefício seja estendido aos meios de transporte intermunicipais. Agora, o projeto seguirá para sanção do prefeito Rogério Lins (PODE) que poderá sancioná-lo ou vetá-lo.
Webdiario