Site para pressionar deputados a votarem a favor da denúncia é a nova arma contra contra os corruptos


O movimento batizado de #342, encabeçado por diversos artistas, um site com a intenção de voto de cada deputado federal a respeito da denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB) é nova arma contra os políticos corruptos.


Com o objetivo de pressionar a votação, o site indica os contatos de cada parlamentar, com e-mail e telefone do gabinete - dados públicos no site da Câmara - e páginas das redes sociais.

"Está na hora da gente conhecer os nossos deputados, está na hora da gente pressionar esses caras", disse a apresentadora Fernanda Lima, que faz parte do grupo de artistas, em vídeo. "Temer deve ser julgado, sim, e todos devem ser julgados. Todos, sem exceção. Senão, o Brasil não vai mudar."

Nas últimas semanas, artistas como Caetano Veloso, Aline Moraes, Letícia Sabatella, Fernanda Lima, Valesca Popozuda, Aline Moraes, Renata Sorrah e Marcelo Serrado se reuniram na casa da produtora Paula Lavigne, e decidiram iniciar o movimento pelo afastamento de Temer. Antes de lançarem o site, o grupo começou uma campanha nas redes sociais para pressionar o relator da denúncia na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Sérgio Zveiter, com a hashtag #ZveiterEstouDeOlhoEmVoce.

Agora, o foco da plataforma é pressionar os deputados indecisos e os contrários à acusação feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR). 

Os contatos dos parlamentares que já indicaram que votarão pela admissibilidade da denúncia também estão no site, com a tarja "mostre seu apoio". Segundo a organização, a ação não tem vínculo com nenhum partido.

Bruna Furlan (PSDB) Deputada Federal pelo Município de Barueri é contra pelo afastamento do presidente Michel Temer (PMDB),acompanhada pelo pastor e deputado Marco Feliciano(PSC).


https://342agora.org.br/