Diploma falso é comercializado em Barueri e região



Diplomas falsos estão circulando em Barueri,na tarde dessa terça-feira(15/08) recebemos uma denuncia que pessoas de Barueri e Região estariam usando diplomas falsos para ingressar em empresas ,escolas e até em prefeituras da região.

O sistema funcionaria assim,a pessoa usando nome da escola oferece diplomas de nível técnico, superior (licenciatura e bacharelado), tecnológico, pós-graduação, especialização, mestrado e doutorado. 

“O diploma é confeccionado em um papel de segurança do órgão, tem alto relevo, pontos luminosos e papel timbrado, que diferenciam o documento”.

Em contato com a Faculdade Facel com sede em Curitiba,eles já tinham ciência da situação envolvendo o nome da faculdade,e que o escritório de São Paulo ligado ao Grupo Digamma estaria tomado todas as providencias sobre o ocorrido.

Falando em nome do Grupo ,Dr José Caetano, disse que a pessoa que estaria fazendo as vendas dos diplomas ,foi funcionário da faculdade ,e que no ano de 2016 foi mandado embora por justa causa,pelo mesmo motivo.

Quem produz um diploma falsificado – ou simplesmente o vende – também possui sua conduta prevista no artigo 297 do Código Penal. ... A lei determina, além disso, que se a falsificação for realizada por funcionário público, o crime é ainda mais grave.

De forma categórica, é correto dizer que sim. Comprar diploma é crime. Mais especificamente, a compra de diploma é tipicamente prevista pelo artigo 297 do Código Penal. Neste dispositivo, entende-se que a compra de diploma é falsificação de documento público.

Mesmo que seja uma faculdade particular, este caso específico enquadra-se no parágrafo 2º da lei, considerando que instituições de ensino apresentam interesse público. Trata-se, portanto, de um crime.

Sua pena inclui reclusão de dois a seis anos, para o criminoso, além de possível multa. Adicionalmente, caso a falsificação tenha gerado prejuízo para alguém, pode-se ainda responder em esfera civil, com indenizações a serem pagas para os prejudicados.

Foi elaborado um boletim de ocorrência ,na delegacia de Barueri ,pois o mesmo individuo estaria vendendo e usando o nome da faculdade de forma criminosa.

Em nota e Faculdade Facel veio se manisfestar sobre o assunto. 
A.S