Apartamentos dos Servidores: Empresa emite NOTA


Já havíamos anunciado aqui sobre o desfecho das obras de construção de um condomínio de prédios para servidores públicos da Prefeitura de Barueri, no Parque Viana, não foram embargadas pela Justiça, após pedido do Ministério Público.

A Promotoria investigava uma suposta irregularidade na doação do terreno onde está localizado o conjunto habitacional, pelo governo municipal.

A juíza Graciella Lorenzo Salzman, da Vara da Fazenda Pública de Barueri. Entendeu que a construtora que assumiu o empreendimento não tem participação na transação entre Prefeitura e Sindicato dos Servidores Municipais de Barueri (Sindserv), na ocasião de repasse da área.

Na tarde desta quarta feira (30/08),a empresa responsável incorporadora QRTZ8 emitiu uma nota á imprensa.
A.S

Segue a nota