Sérgio Cabral contrata personal trainer em presídio


Pelo custo de R$ 30 por dia, o profissional, identificado apenas como "Baiano", monitora os exercícios praticados por Cabral, em aparelhos de musculação


Preso desde o dia 17 de novembro de 2016, sob a suspeita de receber milhões em propina para fechar contratos públicos, Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, já passou pelo Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, e agora ocupa uma das celas de presídio em Benfica, na zona norte da capital fluminense.

Nos últimos dias, de acordo com informações do colunista Lauro Jardim, o ex-governador resolveu "contratar" um personal trainer informal, dentro da penitenciária.

Pelo custo de R$ 30 por dia, o profissional, identificado apenas como "Baiano", monitora os exercícios praticados por Cabral, em aparelhos de musculação improvisados.

Em suas últimas aparições, durante depoimentos prestados à Polícia Federal e ao Ministério Público, o político aparentava estar abatido e muito mais magro. Cabral foi alvo da operação Calicute, braço da Lava Jato do Rio, que apura desvios em obras do governo estadual. O prejuízo é estimado em mais de R$ 220 milhões.