Freira com "dores no estômago" dá à luz a um menino


Uma freira enclausurada surpreendeu a madre superiora e as irmãs ao dar à luz a um menino, depois de reclamar de dores agudas de estômago.
A irmã, que pertencia a uma ordem em Macerata, na região oriental da Itália de Le Marche, alegou que não tinha ideia de que estava grávida quando foi levada às pressas para o hospital em agonia. Em seguida, o bebê nasceu.
A freira sul-americana, que chegou ao convento em junho, supostamente já estava grávida, foi levado para o departamento de emergência de 'Bartolomeo Eustachio' di San Severino Marche pelas demais irmãs, e os médicos rapidamente desvendaram a causa da misteriosa "doença".
O bebê nasceu saudável, mas permanece no hospital para ser submetido a mais exames, enquanto o convento da freira manifestou interesse em cuidar dele.
O caso tem uma impressionante semelhança com a de uma freira salvadorenha de 33 anos também na Itália, que deu à luz a um menino no ano passado, a quem colocou depois o nome do papa Francisco. A mulher contou ao assistente social que não se sentia culpada e criaria a criança dizendo: "Eu sou muito feliz". "Ele é um presente de Deus. Sinto-me mais como uma mãe do que uma freira".
Já em 2011, uma freira congolesa em uma ordem italiana deu à luz a uma menina depois de ser estuprada por um padre. A irmã entregou o bebê para adoção, mas depois de sido recusada no convento, mudou de ideia e recuperou a criança.