“PMDB se transformou em partido de aluguel”, diz vereador Tarzan, de Barueri


Em Barueri, o PMDB sofreu duas importantes baixas na Câmara Municipal com a saída dos vereadores Tarzan e Zé Baiano, que migraram para o Solidariedade (SDD), partido consolidado pelo deputado federal Paulinho da Força. No entanto, a saída de Tarzan foi marcada por discórdias, as quais o vereador fez questão de ressaltar em conversa com o Diário da Região. 

Tarzan não esconde o desapontamento e, para ele, o PMDB em Barueri se tornou uma “sigla de aluguel” que não possui mais o mesmo cunho ideológico da época em que era apenas MDB. “Eles [dirigentes] são comerciantes, fazem do partido roupa íntima, que troca todo dia, isso quando troca. Queria um partido democrático, que não seja sigla de aluguel. Se pudesse eu ficava governando sem legenda. Aqui em Barueri, eles nomeiam o presidente do partido sem me consultar, e eu sou o mais antigo do PMDB dessa cidade”, lamenta o parlamentar veterano. 

Embora a troca de legenda tenha sido feita de acordo com as regras jurídicas eleitorais, o presidente municipal peemedebista Toninho Furlan não descartou a hipótese de o partido pedir os mandatos caso os suplentes viessem a questionar os desertores. Porém, essa possibilidade não assusta os vereadores. “Não tenho cisma nenhuma e não fico temeroso, está tudo dentro da lei”, frisa Tarzan.
Com a mesma tranquilidade, Zé Baiano exalta que não houve nenhuma irregularidade na mudança partidária. “Saí por um meio legal, por um partido novo dentro dos 30 dias que me davam os direitos. O partido foi fundado, oficializado, e entrei no segundo dia que o partido foi oficializado, por isso não temo”, explica o novo parlamentar do Solidariedade. 

Zé Baiano acrescenta que a debandada dos seis vereadores foi uma manobra estratégica da base do prefeito Gil Arantes para agregar novos apoios. “Eu precisava sair do PMDB porque compus com o Gil. Nada mais justo eu compor um partido que esteja do lado dele, e o PMDB não estava porque é o partido do Furlan”, acrescentou.

Além de Tarzan e Zé Baiano, a bancada do Solidariedade é formada pelos vereadores Bidu, José de Melo, Sergio Baganha, e Zetti Bombeirinho, considerada a maior da Câmara barueriense.