Clandestinos pedem para Sérgio Ribeiro afrouxar fiscalização com o lixo


Um protesto bastante inusitado marcou a tarde, de anteontem, em Carapicuíba. Cerca de 30 motoristas de caminhões, carrinheiros e carroceiros saíram em comboio do Jardim Maria Beatriz até a Prefeitura para pedir o fim das ações de fiscalização que combatem o descarte de entulho e materiais sólidos pela cidade.

O grupo foi recebido pelo prefeito Sérgio Ribeiro aproveitou para tentar descobrir quais são os servidores públicos municipais que cobram propina para facilitar o descarte irregular. Como os “manifestantes” se recusaram a dar os nomes, o prefeito registrou boletim de ocorrência no 1º DP para a abertura de Inquérito e apuração de crime de corrupção passiva. Além disso, também instaurou um processo administrativo para apurar as denúncias.

A Prefeitura de Carapicuíba tem intensificado a fiscalização em ruas, praças e locais públicos, com a aplicação de multas e apreensão dos veículos flagrados. Essas medidas trouxeram o descontentamento daqueles que promovem o descarte e emporcalham a cidade e que, curiosamente, resolveram fazer um protesto pedindo o fim das fiscalizações.

O grupo saiu em comboio para chamar a atenção da população e autoridades. Mesmo assim o prefeito Sérgio Ribeiro rejeitou a proposta e se manteve firme em relação ao combate do despejo irregular de lixo.

De acordo com Marcelo José do Prado, titular do 1º DP de Carapicuíba, já foram identificados todos os manifestantes e agora ele irá ouvi-los. “Iniciamos as investigações”, destacou.