Barueri poderá aderir ao programa Cartão Recomeço, revela secretário


Em visita a Barueri na manhã de ontem, o secretário de Desenvolvimento Social do estado, Rodrigo Garcia, falou um pouco mais da aplicação do Cartão Recomeço, que visa a recuperação de dependentes de crack. De acordo com Garcia, é possível que Barueri entre numa eventual segunda fase do programa. 

“Temos conversado com o prefeito de Barueri sobre a expansão do programa. O prefeito Gil Arantes tem interesse em participar. Mas é importante esclarecer que o Cartão Recomeço pode ser comparado a um ‘Vale Tratamento’. É um cartão que vai pagar apenas o serviço prestado para o dependente químico, e não o recurso no qual ele faz o que bem entender”, esclarece Rodrigo Garcia. 

Pela proposta do Cartão Recomeço, a fase inicial do programa contemplará 11 cidades, entre elas, Osasco. Para que o projeto saia do papel, o secretário detalha que é preciso que os municípios aprovem um convênio. “Estabelecemos na região oeste iniciando por Osasco, mas ainda dependemos do acordo com a prefeitura e, com certeza, Barueri já está preparada para avançar no programa que começamos a dialogar com o prefeito Gil”, incrementa. 

Garcia projeta para que os primeiros beneficiados sejam atendidos entre dois e três meses. Segundo ele, o estado está avaliando as clínicas terapêuticas que poderão receber os cidadãos com desejo de se livrarem do vício do crack. Ele também confirma que várias clínicas e comunidades terapêuticas já se cadastraram para prestar o serviço, e o programa também servirá para capacitá-las a fornecer o melhor atendimento possível. 

De acordo com a proposta do Cartão Recomeço, na primeira fase serão distribuídos três mil cartões que irão custear o atendimento em entidades escolhidas pelo Estado por meio de edital. A coordenação do programa será feita por um grupo gestor formado por representantes das secretarias de Desenvolvimento Social, da Justiça e Defesa da Cidadania e da Saúde. As cidades inclusas no programa seguiram critérios de tamanho da rede de referência em Assistência Social e de Saúde.