Barueri já aplicou 35 mil vacinas contra a gripe suína e continua até quarta-feira, 29



Mesmo quem já foi vacinado no ano passado, deve tomar outra dose novamente porque a composição da vacina contra a gripe é atualizada a cada ano
Com o ressurgimento de casos de gripe H1N1 (gripe suína) no país, o Ministério da Saúde recomendou que as secretarias municipais de Saúde continuassem a vacinação até o dia 29 de maio, quarta-feira. Quem pertence ao grupo prioritário e ainda não tomou a vacina deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu bairro, ou o SAE (Serviço de Atendimento Especializado) no bulevar do Centro.

Barueri já atingiu a meta imunizando quase 35 mil pessoas até o dia 20 de maio, o que equivale a 98,1% do grupo prioritário formado por adultos acima de 60 anos, crianças com idades entre 6 meses e 2 anos incompletos, gestantes e mulheres em fase de puerpério (até 45 dias após o parto), profissionais da saúde e doentes crônicos.  

Mesmo quem já foi vacinado no ano passado, deve tomar outra dose novamente porque a composição da vacina contra a gripe é atualizada a cada ano, de acordo com os vírus circulantes, para garantir a eficácia do produto, que vale por 12 meses. Desta vez ela vai proteger contra os seguintes subtipos de influenza: A (H1N1) ou gripe suína, A (H3N2) e gripe B.  

Balanço
Foram aplicadas 34.979, quase 100% do público alvo estimado em 35.647. A meta era imunizar 80% deste total. Foram vacinados 18.008 idosos (102%), 7.092 crianças (86,4%), 3.938 gestantes e mulheres em puerpério (85,2%), e 5.941 trabalhadores da Saúde (118,6%). Não se esqueça de levar a carteira de vacinação. Mais informações no telefone 4199-3180 (Visa).