Jaques e Bruna Furlan representam Barueri durante visita de Alckmin



Embora a visita de Geraldo Alckmin (PSDB) não tenha se estendido a Barueri a cidade não ficou sem representantes durante a passagem do governador na região. Jaques Munhoz (PDT), vice-prefeito e secretário da Educação esteve em Jandira para o anúncio da duplicação na SP 032/280.
Representando Gil Arantes (DEM), doutor Jaques fez questão de destacar a importância de Alckmin para a região e adiantou o apoio do governo de Barueri para a candidatura do tucano ao governo do estado em 2014. Na inauguração da ETEC quem marcou presença foi Bruna Furlan, mais discreta Bruna se manteve no palco ao lado de Alckmin e fez apenas um breve discurso em Carapicuíba.

Que clima!

Após ficar dois meses sem ser vista em Jandira, a ex-prefeita da cidade, Anabel Sabatine (PSDB) compareceu a inauguração da ETEC no último sábado, o que despertou a fúria da primeira dama e secretária de Cidadania e Ação Social, Caritaz Benitez. “Não vou negar que houve um desconforto [com a presença de Anabel]. Não vou esconder isso porque ela é uma pessoa que deixou a prefeitura cheia de dívidas e não teve responsabilidade com o município e também na teve respeito com a população, já que não veio a posse do Gê (PV). Quando o governador visita a cidade ela resolve aparecer? Ela não vem a cidade há dois meses, ela não mora aqui, por isso a presença incomodou a mim e a militância”, afirmou Caritaz.

Pressão x Diálogo

Durante a cerimônia de assinatura do protocolo para criação do Poupatempo em Carapicuíba o deputado estadual Marcos Neves (PSB) destacou sua participação no projeto e afirmou que a transferência de recursos estaduais para a cidade é fruto “da pressão” exercida por ele como deputado na Assembleia Legislativa. Já o prefeito Sérgio Ribeiro (PT), assumiu a defesa de Alckmin e afirmou que o “período de pressão já acabou” e que agora o que prevalece é o diálogo. “Acredito que no atual estágio da democracia no Brasil, com a relação entre os entes federados, nós não precisamos mais de pressão para conseguir as coisas. Precisamos de diálogo e entendimento e é isso que nós temos construído em Carapicuíba”, disparou Sérgio Ribeiro.