Para população, Gil Arantes vence debate na Band para prefeito



Um call center foi a forma utilizada pelo jornal Diário da Região e Rádio Nova Difusora para ouvir a população de Barueri a respeito do debate realizado pela Rede Bandeirantes de Televisão 

 Este foi o último debate antes das eleições de domingo, dia 7 de outubro, da série promovida pela TV Bandeirantes e Rádio Band FM nas diversas cidades da Grande São Paulo. Ele reuniu os cinco candidatos a prefeito de Barueri: Neo Marques, Ronaldo do PT, Gil Arantes, Carlos Zicardi e Professor Jadis.


Durante os últimos quarenta minutos do debate, iniciado pontualmente às 10 horas da manhã deste sábado e encerrado às 11h45, foram disparados 1.509 telefonemas para moradores de praticamente todos os principais bairros de Barueri (Parque dos Camargos, Belval, Aldeia, Alphaville, Mutinga, Imperial, Reginalice, Engenho Novo, Paulista, Viana, Maria Helena, Silveira, Aldeia da Serra, Centro, Boa Vista, Califórnia, Tupã e Alphaville). A meta era saber se estavam assistindo à Band e quem havia vencido o debate.

Foram feitas 1509 ligações, deste total 712 atenderam as chamadas e participaram da enquente respondendo à seguinte questão: “Qual dos cinco candidatos na sua opinião foi o melhor durante o debate da TV Bandeirantes?”. Um percentual de 54,21% dos moradores acharam que Gil Arantes teve melhor desempenho; já 17,27% acreditam que Zicardi foi o melhor; 4,5% votaram em Néo Marques. O candidato Ronaldo do PT ficou em quarto lugar com 1,55% e o professor Jadis não pontuou. Uma parcela de 22,47% não estava sintonizada no debate ou não quis falar.

“O candidato do PSOL (professor Jadis) está muito nervoso. Coitado, não deve ser fácil enfrentar um debate”, lamentou Jaci Freitas de Oliveira. Para Eudes Toledo França o candidato do PMN foi quem melhor aproveitou o debate. “Foi a oportunidade de ouro pra ele se mostrar para o eleitor e ele fez isso até que muito bem. Agora eu sei que ele (Neo Marques) é 33”. 

O candidato do PT teve dificuldades para encaminhar suas propostas e em vários momentos do debate mal disfarçava o nervosismo. “Eu até esperava um desempenho melhor do Ronaldo do PT, mas acho que ele não estava preparado”, comentou Ana Rita de Maria Souza.

“O Zicardi até que se saiu bem no papel dele, de atacar, mas o eleitor quer saber das propostas, o que o candidato vai realmente fazer”, avaliou Vinicius C. de Aguiar. A professora M.L.T discorda. “Estamos cheios da arrogância e da tirania deste governo e o candidato da máquina demonstrou que se for eleito vai manter o que está aí”.



O candidato Gil Arantes “foi metralhado porque está na frente, isso ficou muito claro, mas mesmo assim falou e repetiu várias vezes o que vai fazer. É isso que me agradou” foi o comentário de Mariliza Santiago. 

Para os moradores, o ex-prefeito apresentou mais segurança e prometeu trazer de volta conquistas importantes para o munícipe e até para os funcionários públicos como o retorno do 14º salário, do triênio e até anunciou um aumento de 7,5% . Outro ponto que parece ter agradado foi a promessa de Gil em garantir o passe de ônibus para acompanhante do portador de deficiência, para a terceira idade e que foram retirados pelo atual governo. “Cestas básicas de qualidade todos os meses para quem precisa e não como é hoje, de dois em dois meses”, garantiu Gil.

Na única oportunidade que teve de perguntar a seu principal oponente, Zicardi escolheu Ronaldo do PT para perguntar. Usou o tempo mais uma vez para defender o serviço de saúde e acusar Gil de ter aprovado projeto do governo do Estado para reserva de leitos para planos de saúde. A coordenação do debate concedeu direito de resposta a Gil que lembrou que o projeto do governador vale para hospitais do estado, o que não é o caso de Barueri.

A tônica das manifestações de Zicardi era de ataque a Gil Arantes, mantendo a tática de sua campanha por toda cidade. Chegou a acusar o deputado de não ter trazido nada para Barueri como parlamentar. “O senhor mente”, disse Gil a Zicardi. “O senhor sabe que a Fatec e a Etec é fruto do meu trabalho como deputado e que também consegui hum milhão de reais em recursos para compra de equipamentos para o Hospital Municipal” 

O candidato Zicardi tentou jogar o candidato Gil Arantes contra a Guarda Municipal ao dizer, quase ao final do debate, que Gil havia dito que a GM está desativada, quando na verdade o que foi dito é que “a Guarda está desmotivada”.

Perfil dos candidatos a prefeito de Barueri

Gil Arantes (DEM)
Gilberto Macedo Gil Arantes nasceu em 12 de março de 1952. Está na vida pública há 27 anos tendo sido secretário de Esportes, secretário de Obras, prefeito em dois mandatos (1997/2000 e 2001/2004). Elegeu-se deputado estadual em 2006, reeleito em 2010. 
Carlos Zicardi (PMDB)
Carlos Zicardi nasceu no dia 10 de maio de 1956. Foi vereador e presidente da Câmara antes de assumir em 1983, assumiu a Comissão Municipal de Esportes. Passou por diversas secretarias tais como Industria, Comércio e Transporte, Abastecimento e Serviço Funerário. 

Ronaldo do PT (PT)
Ronaldo Ferraz de Araujo nasceu no dia 12 de junho de 1971. É técnico de eletricidade, eletrônica e telecomunicações. Foi assessor parlamentar do Professor Agnério Neri (PT), na Câmara dos Vereadores de Barueri. Pela segunda vez, é presidente do Diretório Municipal do PT de Barueri.

Néo Marques (PMN)
Manoel Luiz Marques de Lima nasceu no dia 1º de julho de 1960. É formado em Filosofia e Pedagogia e pós-graduado em Docência do Ensino Superior e Tradução da Língua Espanhola. Atua como professor da rede estadual de ensino há 14 anos. É presidente do Diretório Municipal do PMN de Barueri desde junho de 2012.

Professor Jadis (PSOL)
Jadison Rodrigues de Oliveira nasceu no dia 21 de agosto de 1967. É formado em Ciência Social, sendo professor de Sociologia da rede estadual de ensino. Foi candidato a vereador, em 2004, pelo PSC, e disputou o cargo de deputado estadual, em 2010, pelo PSOL, chegando a ficar como suplente. É presidente do Diretório Municipal de Barueri, desde 2006.

Fonte:Diario