Gil quer recuperar qualidade do ensino




Candidato foi primeiro da região a assinar compromisso com Cidades Sustentáveis



O deputado estadual, Gil Arantes (DEM), que disputa a Prefeitura de Barueri pela coligação “Barueri para Todos”, tem várias prioridades em seu plano de governo, mas algumas delas são mais prementes. “Nós queremos recuperar a qualidade do ensino na cidade. Hoje temos crianças de 9 e 10 anos que não sabem escrever”, diz. 
De acordo com ele, o objetivo é implantar um sistema único em toda a rede, permitindo que todos tenham acesso a um ensino de qualidade e de referência. “Queremos os professores motivados e bem remunerados, além de devidamente preparados. Por isso, vamos retomar a atuação do Centro de Aperfeiçoamento ao Professor, com a contratação de empresas especializadas para oferecer cursos de qualificação e capacitação aos professores”, explica.
Além disso, Gil quer a administração responsável em fornecer uniformes – desde o tênis – até o material didático para todos os alunos. “Não haverá diferenças entre uma unidade e outra”, avisa. Quanto aos cursos técnicos, primeiro ele quer avaliar a qualidade do ensino para depois pensar em ampliação de unidades técnicas ou cursos.
Saúde é outra preocupação do candidato. “Nosso projeto prevê a construção de quatro ou cinco policlínicas. Vamos avaliar os bairros que receberão esses equipamentos. Com as policlínicas, o cidadão terá acesso mais fácil à rede”, anuncia.
Ainda na área de saúde, Gil quer eliminar a demanda reprimida que existe para exames, consultas com especialistas e até intervenções cirúrgicas. “Se for necessário, podemos até contratar laboratórios particulares para reduzir a fila que existe de pacientes aguardando exames, por exemplo.” De acordo com ele, na sua outra administração à frente da prefeitura, também utilizou essa saída. “O Sameb não estava preparado para realizar alguns exames, então contratamos para atender aos cidadãos”, diz.
“Quando prefeito fiz dois prontos-socorros e pretendo ampliar esse serviço. Outro projeto é fazer um prédio só para maternidade, para evitar que mães e recém-nascidos fiquem expostos. Ainda na área da saúde pretendo retomar o projeto Saúde da Família, que implantei em 2004 e não teve continuidade na administração seguinte. Esse projeto é importante porque mantém agentes de saúde em todos os bairros.”
Em relação a habitação, Gil explica que, em 2010, mais de 35 mil pessoas se inscreveram no projeto habitacional da cidade, mas ele não acredita que o déficit no setor atinja tal patamar. “Provavelmente uma grande parcela dos inscritos não se enquadra dentro das exigências. Então, vamos rever esse cadastro”, explica.
A partir do levantamento sobre o déficit habitacional, a proposta de Gil Arantes é construir prédios de 20 a 25 andares para melhor aproveitamento dos terrenos, que são caros em Barueri. “Assim poderemos atender um número maior de pessoas, porque a intenção é construir mil apartamentos por ano e, para não elevar o preço do condomínio, já que os edifícios contarão com elevadores, a ideia é a prefeitura assumir o custo do elevador [energia e manutenção] por alguns anos.”
Gil Arantes foi o primeiro candidato a assinar o compromisso de Cidade Sustentável, que prevê a preocupação em todos os setores com o meio ambiente, a partir de tecnologias que permitam reuso da água, economia de energia, entre outros. “Essa preocupação começa na administração pública e se reflete nas empresas e moradores da cidade”, avalia.
O candidato também ressaltou a sua preocupação com o trânsito não só em Alphaville e Tamboré como na região central, Jardim Paulista, Jardim Mutinga, Jardim Imperial e bairro da Cruz Preta. “O trânsito não é um problema exclusivo de um bairro, mas da cidade. Se as providências não foram tomadas, vai comprometer o desenvolvimento da cidade, porque atrapalha a chegada de matéria prima às empresas como dificulta o escoamento da produção e o deslocamento dos funcionários.”
Por ter compromisso com a sustentabilidade, ele diz que defende o “crescimento com responsabilidade. Não vamos aceitar grandes empreendimentos sem que haja contrapartida para o sistema viário e para o meio ambiente”.
Na área de segurança, Gil quer mais uma delegacia para a cidade, que seria instalada no Engenho Novo. Outra preocupação é sempre atuar mais em prevenção. E isso vale para segurança e também para afastar os jovens das drogas. Nesse caso, ele vai fortalecer as áreas de esportes, lazer e cultura.