Cartório eleitoral amplia horário de funcionamento para tirar titulo eleitoral





Atendimento será ampliado em 3 horas e cartórios funcionarão nos finais de semana



Devido à aproximação do final do prazo para alistamento eleitoral e transferência de títulos no dia 9 de maio, os cartórios eleitorais de São Paulo ampliam em 3 horas o atendimento e fazem plantões para atender ao eleitor.
Nos dias 30 de abril, 2, 3 e 4, 7, 8 e 9 de maio, o atendimento será das 9 às 18 horas. No feriado de 1º de Maio, sábado, dia 5, e domingo, dia 6, os cartórios também funcionam das 9 às 18 horas. Apenas o Poupatempo de Santo Amaro, que atende os cartórios da zona sul, fica fechado no feriado do dia 1º de Maio. Os eleitores dessa região devem se dirigir aos próprios cartórios eleitorais.
O alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de 18 anos e facultativos para os analfabetos, jovens entre 16 e 18 anos e maiores de 70. A transferência do título deve ser feita pelo eleitor que mudou de residência.
O jovem que completar 16 anos até 7 de outubro pode votar nas eleições municipais, desde que solicite seu título até 9 de maio. Eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida que não estão inscritos em uma seção especial devem solicitar transferência para uma delas, a fim de evitar aborrecimentos no dia da votação. Também devem observar o prazo final de alistamento: 9 de maio. Essas seções não possuem escadas, facilitando o acesso dessas pessoas às urnas. Todas as zonas eleitorais possuem seções especiais. Idosos com dificuldade de locomoção também podem transferir seu título para uma seção especial, pois ela não é exclusiva de eleitores deficientes.
Documentos
Quem for tirar o título de eleitor pela primeira vez deve comparecer ao cartório eleitoral munido de documento de identidade, comprovante de endereço recente e comprovante de quitação militar para homens entre 18 e 45 anos. A Carteira Nacional de Habilitação – CNH e o passaporte azul não são aceitos para o alistamento porque não contêm nacionalidade / naturalidade e filiação, respectivamente.
No caso de transferência, o eleitor deve levar o título de eleitor, o documento de identificação e comprovante de residência recente. É necessário que tenha decorrido pelo menos um ano da inscrição ou transferência anterior e residência mínima de três meses no novo endereço.
Título Net
O sistema Título Net, pré-atendimento realizado pela Internet, estará disponível somente até o dia 4 de maio. O agendamento, que é outro serviço oferecido pelo sistema, também será permitido só até essa data.
Região
A SIA (Sociedade Alphaville Tamboré) tem realizado uma campanha de incentivo para a transferência do título para a região. Isso porque muitos moradores de Alphaville e Tamboré ainda mantém seus títulos na capital.
Nestas eleições, ao contrário da anterior, o Tribunal Regional Eleitoral não autorizou a instalação de um cartório itinerante para atender os moradores da região. No entanto, com os plantões que serão realizados, ninguém terá dificuldades em regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral.
É bom frisar que o voto é a principal arma do cidadão no combate à corrupção e uma resposta à insatisfação com a condução da administração. Portanto, é importante que todos votem no local onde moram, para que tenham legitimidade em suas reivindicações.
Em Barueri, essa será a primeira eleição que a cidade pode decidir seu próximo mandatário em segundo turno. É que a cidade ultrapassou mais de 200 mil eleitores, o que a credencia, ao lado de Osasco e de Carapicuíba na região oeste, a realizar o segundo turno, caso nenhum dos candidatos atinja mais de 50% dos votos no primeiro turno.
fonte:FA