Ex - prefeito de Araçariguama Carlos Aimar,é hostilizado em Barueri




O ex-prefeito de Araçariguama que agora pinta como apresentador da emissora de tv na Rede Tv,com o programa Voz do municipio estava muito nervoso na sessao solene da Camara de Barueri,pelo simples fato de algumas pessoas perguntaram o porque ele invadiu a Camara de vereadores de Araçariguma(video Abaixo),inconformado o ex-prefeito disse que essas pessoas estava ali simplesmente por estarem recebdendo dinheiro do Deputado Gil Arantes,e chegou a fazer gestos ironicos ao contar dinheiro.

Como os animos estava quente,alguns foram tirar satisfaçao com ele ,perguntando quem pagava seu programa,e o porque ele nao dava direito de repsostas,as pessoas que era ofendidas ou citadas no seu programa.

O clima ficou quente depois que disseram que ele colecionava uma grande lista de processos na comarca de São Roque é porque ele estava ineligivel,conforme matéria veinculada no jornal http://www.oestesolidaria.com.br/midia/acaoregional/ed11/capa.pdf,que apresenta a seguinte informaçã.

O pedido de impugnação que foi acatado por decisão judicial divulgada domingo, dia 3, leva em consideraçã o oito motivos, entre eles denúncias que tiveram a colaboração da Oeste Solidaria.
O candidato a vice-prefeito, Carlos Gomes, também teve acatado o pedido de impugnação de sua candidatura.
O Ação Regional teve acesso à sentença e traz, em primeira mão, uma reportagem             completa sobre o assunto.

E não para por ai,
Carlos Aymar é condenado a um ano de detenção por ofender uma senhora de Araçariguama e dias depois, chama esposa de vereador de vagabunda.
Ofensa em praça pública

Em evento para comemorar o Dia do Trabalhador, o ex-prefeito Carlos Aymar, usando sistema de som na Praça da Matriz de Araçariguama proferiu ofensas a honra de uma senhora afirmando que enquanto seu marido estava na praça, o “Ricardão” estava com ela em casa.

O processo movido pelo casal contra o ex-prefeito foi julgado na Comarca de São Roque com sentença proferida pelo Juiz Cássio Pereira Brisola em 14 de novembro de 2011.
Na sentença (veja trechos na imagem abaixo), o Juiz menciona os maus antecedentes de Carlos Aymar e os danos que as afirmações feitas contra a honra da esposa e do marido causaram aos dois.



 Condenado em primeira instância, Carlos Aymar aguarda julgamento de recurso em segunda instância. Mantida a sentença, o ex-prefeito deverá cumprir pena em regime semi-aberto por um ano. 

Em cima de um carro de som Carlos Aymar humilhou o cidadão afirmando que sua esposa estava com o “Ricardão” em casa
  
Carlos Aymar chama esposa de vereador de vagabunda

Fazendo uso da Tribuna Livre da Câmara Municipal de Araçariguama, a esposa do Vereador Cláudio Andriani apresentou um relato de uma conversa com o ex-prefeito Carlos Aymar onde ele a teria agredido verbalmente.
Na ligação registrada pelo casal Andriani, Carlos Aymar ofende a esposa do Vereador Carlos Andriani em tom ameaçador chamando-a de vagabunda.

A defesa

Em sua defesa, a esposa de Cláudio Andriani apresentou sua carteira de trabalho e o registro de empregos até a sua aposentadoria por tempo de serviço.
Emocionada e indignada, a esposa do vereador apresentou a transcrição da conversa e o Boletim de Ocorrência que comprovam a ligação ofensiva que recebeu de Carlos Aymar.

Lili Aimar deixa o plenário sorrindo

Perto de iniciar o mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher e após ser publicada sentença que condena seu marido Carlos Aymar a um ano de detenção por ofensas contra a honra de uma senhora de Araçariguama, a Vereadora Lili Aimar deixou o plenário da Câmara por duas vezes, sempre sorrindo.

Quando a esposa do vereador foi chamada para fazer seu pronunciamento no plenário da Câmara de Araçariguama, a Vereadora Lili Aimar se retirou sorrindo.

fonte:http://www.oestesolidaria.com.br/


http://youtu.be/XQ94CpOUzwE       video da agressão de Carlos Aimar