Ministro da Justiça anuncia ampliação de plano anticrack



ABrCardozo garantiu que, até o meio do ano, oito estados já terão aderido ao plano
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, garantiu nesta terça-feira que até o meio do ano, pelo menos oito estados brasileiros já deverão ter aderido ao plano de combate ao crack do governo federal. Atualmente o mais adiantado é o Rio de Janeiro.
"Nós fizemos uma rápida apresentação, os Estados estão levantando dúvidas, questionamentos, mas houve uma excelente aceitação do plano e acredito que rapidamente vamos pactuar com os Estados já nas ações que são muito importantes. Nós não estamos informando as datas até que se concluam as discussões com os Estados", disse em reunião com secretários de Segurança Pública de todo o país.
A polêmica sobre a internação involuntária de dependentes químicos voltou a ser discutida, mas Cardozo garantiu que "o plano seguirá estritamente a lei". "Evidentemente o serviço de saúde e de serviço social buscarão a internação consentida, a conscientização do usuário e, claro, vamos cumprir a lei", acrescentou.