Delegado descarta disputa pela prefeitura de Jandira





O delegado de Jandira, Zacarias Tadros, filiado ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), descartou disputar a prefeitura de Jandira nas eleições municipais de outubro. Segundo ele, foi difícil escolher entre estar ou não nas urnas. O delegado diz ter uma missão para cumprir na cidade antes de entrar para a política.

“Foi uma decisão difícil para mim e existia, da minha parte, uma grande vontade de abraçar essa causa [disputar a prefeitura] no sentido de realmente dar um novo rumo para Jandira mas, nesse momento, vejo que o mais importante é a minha atual missão e ela ficaria incompleta se eu saísse como candidato”, disse Tadros.

O delegado ainda completou que a sua missão é proteger a cidade e a prefeitura de grupos criminosos. “Existem alguns problemas pontuais ligados à política local com atuação de elementos perigosos. A Polícia Civil está de olho nessa situação e isso eu não poderia abandonar no meio do caminho. Obviamente, optei por permanecer no meu cargo e desenvolver o meu papel profissional. A aspiração política vai ficar para um segundo momento”, concluiu.

Tadros, que já foi filiado ao DEM (Democratas) e PPS (Partido Popular Socialista), ainda afirmou que continua com o título eleitoral registrado em Sorocaba, município onde reside, e que não pretende transferi-lo para Jandira. “E lá [em Sorocaba] que eu vou votar, até por uma questão profissional estarei inserido na política em Jandira, mas não como político e sim como o delegado político do município”.

O delegado também comentou que não descarta a possibilidade de disputar alguma eleição, mas abre mão de ser, em 2016, um dos candidatos a vereador. “Acredito que eu não tenha perfil para ser vereador. De repente um cargo para o executivo ou um como deputado. Depende muito da situação que vai ser colocada”.

Zacarias Tadros, que se auto-denomina como ‘delegado político’ de Jandira, descarta ser candidato esse ano. Segundo ele, é preciso, primeiro, cumprir a missão que recebeu
x