Carapicuíba aumenta número de vereadores






Nesta quinta-feira, 8, a Câmara Municipal de Carapicuíba aprovou, em segunda discussão, a proposta que amplia o número de vereadores da Casa de 16 para 17 parlamentares. A alteração passa a valer já na próxima legislatura (2013-2016).

Já o Legislativo de Pirapora do Bom Jesus decidiu, por sete votos a dois, pela manutenção do número atual de vereadores, fixado em nove. A proposta foi votada na sessão da última segunda-feira, 5.

Para o presidente da Câmara, vereador Francisco José Soldado (PSDB), conhecido como Tatu, a iniciativa vai gerar uma economia de cerca de R$ 400 mil nos próximos quatro anos. “Nossa Câmara precisa crescer em qualidade e não quantidade”, avaliou Tatu. O tucano estava entre os parlamentares que defendiam a manutenção do quadro atual.

Os vereadores que votaram contra a manutenção de nove cadeiras foram Carlim Garcia (DEM) e Cris Bugallo (PDT). Eles lutavam para ampliar para 11 a quantidade de vagas na Casa. Para os parlamentares, com o acréscimo de dois vereadores, a Câmara poderia garantir uma melhor representatividade ao povo. “Sei que com o número ampliado poderíamos contribuir ainda mais para o crescimento da cidade”, disse Carlim.

A Câmara de Pirapora não foi a única que rejeitou a ampliação das vagas. Em Osasco, os parlamentares preferiram manter o número atual de 21 parlamentares.

No caso do Legislativo osasquense, não houve necessidade de pautar a proposta. Isso porque a Emenda Constitucional 58 estabelece somente o limite máximo de 27 parlamentares, para cidades com a densidade populacional de Osasco, ficando a cargo dos legisladores aumentar ou não o número de cadeiras.

“Foi emitido um ofício informando a decisão da maioria desta Casa, que é a de não alterar o artigo 9º-A da Lei Orgânica do Município, que estabelece o número de 21 vereadores”, anunciou, há uma semana, o presidente da Casa Aluísio Pinheiro (PT).

Ao todo, seis municípios da região Oeste já se posicionaram com relação à Emenda 58: Osasco, Barueri, Itapevi, Jandira, Carapicuíba e Pirapora do Bom Jesus.

As Câmaras Municipais de Santana de Parnaíba e Cotia são as únicas que ainda não apreciaram a matéria. A expectativa é que as Casas tomem uma decisão até o final do mês. A primeira pode contar com até 17 parlamentares, segundo a legislação. Porém a tendência é que as vagas sejam ampliadas para 13 ou 15.

Na cidade de Cotia, os legisladores estudam acrescer uma ou três cadeiras. Hoje, o Legislativo cotiano possui 12 parlamentares – quantidade que pode ser aumentada para 21, de acordo com a Emenda 58.