Piteri desmente candidatura de Bruna Furlan em Osasco


Durante a visita do jogador Marcos Assunção à Fundação Casa em Osasco, na manhã da segunda, 8, o vice-presidente da instituição Cláudio Piteri (PSDB) disse para a reportagem do Diário da Região que não acredita que a deputada federal Bruna Furlan (PSDB) será candidata à prefeita de Osasco. “Duvido que ela saia candidata aqui em Osasco. Realmente não acredito nisso. O Furlan já terá o maior trabalho para eleger seu sucessor, não acho que ele criaria uma segunda frente em outra cidade”, disse Piteri, se referindo ao prefeito Rubens Furlan (PMDB), que pretende apoiar a candidatura a prefeito do seu vice, Carlos Zicardi.

Zicardi deve disputar a prefeitura de Barueri com o ex-prefeito e atual deputado estadual Gil Arantes (DEM). Os dois devem protagonizar uma corrida acirrada ao cargo já que Gil tem o carisma do eleitor conquistado em sua duas gestões como prefeito e Zicardi tem a popularidade de Furlan como seu principal “agregador de votos”.

Segundo Piteri, o PSDB deve lançar candidato próprio. “Nosso interesse é sair com o Celso Giglio, mas ele ainda não decidiu se vai concorrer. Está sendo muito difícil articular alianças e, sem elas, a candidatura não pode decolar”, comentou.

Na semana passada, Piteri foi à Câmara Municipal entregar ao Jurídico da Casa um parecer do Ministério Público arquivando o processo relativo às contas de 2004 de Celso Giglio (PSDB), rejeitadas pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado). O que gera inelegibilidade não é somente a rejeição das contas, mas sim a rejeição por motivos insanáveis e o próprio Ministério Público já se manifestou a respeito disso. O MP não encontrou indícios de improbidade ou danos insanáveis”, disse Piteri.

Dessa forma, o nome de Bruna não seria uma alternativa tucana em Osasco, Giglio se mantém como o preferido do partido na cidade e traz consigo a experiência política de ex-prefeito, o que o torna um nome conhecido do eleitorado, cujo reduto é maior na Zona Norte da cidade.