Justiça definirá nesta quarta (10) se Bruno irá a júri popular


O Tribunal de Justiça de Minas Gerais vai julgar nesta quarta  à tarde o recurso da defesa do ex-goleiro Bruno e de outros sete envolvidos no sequestro e suposto assassinato da ex-amante do atleta Eliza Samudio, desaparecida desde junho do ano passado. O julgamento do recurso, que pede que o ex-goleiro e os demais réus não sejam levados a júri popular, será feito por três ou cinco desembargadores da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, na Unidade Raja Gabaglia, em Belo Horizonte, a partir das 13h30 de hoje.