quinta-feira, 26 de março de 2015

Graça Foster diz acreditar que corrupção acontecia fora da Petrobras

A ex-presidente da Petrobras Maria das Graças Foster afirmou em depoimento à CPI na Câmara, nesta quinta-feira, que o esquema de corrupção que envolveu a petroleira acontecia fora da companhia e que, por isso, acredita que os mecanismos de controle internos não conseguiam detectar as irregularidades.

"Eu chego a admitir nos meus sentimentos que, como acontecia tudo fora da Petrobras, nossos recursos internos não conseguiam investigar isso", afirmou ela aos parlamentares.

Graça Foster, como prefere ser chamada, destacou que nem órgãos de controle brasileiros, como Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria-Geral da União (CGU), nem a auditora PricewaterhouseCoopers (PwC) identificaram corrupção.

"Eu entendo que os órgãos de controle melhoraram a nossa gestão, mas eu pessoalmente entendo que o descobridor da corrupção foi a polícia", disse a executiva à CPI da Petrobras, frisando que desvios de dinheiro também não foram detectados pela empresa.

Segundo ela, a operação Lava Jato da Polícia Federal "muda a Petrobras para melhor".

Ela lembrou que, devido às revelações, a empresa está aprimorando práticas internas de governança.

"A Operação Lava Jato está ajudando o país, não tenho dúvida disso."

Em seu depoimento, a ex-executiva comentou ainda que se apresentou a CPI da Petrobras anterior, realizada no ano passado, "com muito mais coragem que hoje".

Isso porque, naquela época, segundo ela, "poderiam ter todas as suspeitas, mas não tinham os fatos que têm aí (atualmente) para serem apurados".

Já são réus no processo judicial três ex-diretores da estatal (Paulo Roberto Costa, Nestor Cerveró e Renato Duque), além do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e diversos executivos de empreiteiras que tinham contratos com a Petrobras.

A ex-presidente, que começou como estagiária na estatal, disse estar envergonhada da situação da empresa.

"Eu tenho efetivamente um constrangimento muito grande de olhar para vocês, mas estou sendo muito sincera", afirmou.

Graça Foster, como em outras oportunidades, destacou nesta quinta sua relação pessoal com a Petrobras, relatando toda a sua carreira técnica desenvolvida na petroleira.

"Gostaria que tudo isso fosse mentira, que não tivesse propina nenhuma", afirmou a ex-presidente, quando questionada sobre as suspeitas de corrupção envolvendo a obra do Gasene.

Outras obras, como a da Refinaria do Nordeste (Rnest), também conhecida como Abreu e Lima, também são investigadas pela operação Lava Jato, que apura o esquema de pagamento de propina com recursos de licitações fraudadas na estatal, com envolvimento de políticos, empreiteiras e ex-diretores da petroleira.

(Por Marta Nogueira)

UEFA Young Champions se apresenta na Arena Barueri

2º edição da Young Champions acontece neste fim de semana, na Arena Barueri

Neste fim de semana, 28 e 29 de março, acontece a 2º edição do UEFA Young Champions no Brasil. O campeonato, organizado pela adidas em parceria com a UEFA, será disputado na Arena Barueri.

O torneio também ocorre nos Estados Unidos, Japão e Alemanha. Os times campeões de cada país se enfrentam em junho no cidade-sede da final da UEFA Champions League, quem em 2015 será em Berlim, na Alemanha.

No dia 28, sábado, a partir das 8h, 128 times sub-16 duelam em grupos de 4, onde os 2 primeiros time de cada grupo avançam para a próxima fase. Ainda no sábado, os 64 times classificados se enfrentam em sistema de mata-mata (jogo único).

No dia 29, a partir das 9h, os 3 classificados se enfrentam também em jogos únicos e eliminatórios. O time campeão, além da disputa da final internacional da UEFA Young Champions, terão o privilégio de assistir o final da Liga dos Campeões no Estádio Olímpico.

Em 2014, o Colégio Amorim, do Tatuapé, venceu a primeira edição do torneio no país, além da etapa mundial, disputada em Lisboa – Portugal.

terça-feira, 24 de março de 2015

Senado aprova o fim de coligações em eleição para deputado e vereador

O Senado aprovou hoje (24), em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição 40, que acaba com as coligações eleitorais em eleições proporcionais, permitindo que elas ocorram apenas para as majoritárias. 

O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (24), em segundo turno, o fim das coligações partidárias nas eleições proporcionais. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 40/2011, do ex-senador José Sarney (PMDB-AP), havia sido aprovada em primeiro turno há duas semanas e faz parte de um grupo de matérias relacionadas à reforma política selecionadas pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, e pelos líderes partidários.

Foram 62 votos a favor e apenas três contrários, além de uma abstenção. Para uma PEC ser aprovada, é preciso o apoio de três quintos dos senadores, ou seja, no mínimo 49 votos. A matéria agora segue para análise da Câmara dos Deputados. Pela proposta, somente serão admitidas coligações nas eleições majoritárias – para senador, prefeito, governador e presidente da República. Fica assim proibida a coligação nas eleições proporcionais, em que são eleitos os vereadores e os deputados estaduais, distritais e federais.

Representação

Para o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), a aprovação da proposta é um primeiro e importante passo nas reformas que estão sendo discutidas no Congresso. O senador disse que a medida vai aprimorar o sistema de representação política no Brasil. Já o senador Omar Aziz (PSD-AM) reconheceu que o fim das coligações pode ser um passo importante, mas defendeu o debate sobre o financiamento das campanhas, “com urgência”. Por sua vez, o senador João Capiberibe (PSB-AP), avaliou que o fim da reeleição deve ser outro tema tratado com urgência pelo Congresso. O senador Walter Pinheiro (PT-BA), ao votar favorável à proposta, também cobrou a inclusão de outras pautas que promovam uma reforma política ampla, como a reestruturação dos partidos e o financiamento eleitoral.

Na visão do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), a proposta pode tirar do processo político “os oportunismos eleitorais”. O senador Blairo Maggi (PR-MT) disse que o fim das coligações nas eleições proporcionais traz tranquilidade aos pleitos e moraliza as eleições, pois pode ajudar a acabar com as legendas de aluguel.

— A proposta pode trazer maior valor e mais representatividade dos partidos junto à população — opinou Maggi.

Articulação

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) elogiou a iniciativa de Renan em trazer para o Plenário do Senado temas da reforma política. No entanto, o senador pediu uma articulação mais clara com a Câmara dos Deputados, para que uma matéria aprovada em uma Casa não fique esquecida em outra. Ele lembrou que muitos projetos já foram aprovados no Senado e não tiveram andamento na Câmara, mas apoiou a PEC 40.

— Esta matéria é extremamente relevante para que tenhamos partidos políticos conectados com a sociedade — declarou.

Em resposta, Renan informou que, mais cedo, teve um encontro com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em que ficou acertada uma agenda comum entre as duas Casas do Congresso, tendo a reforma política como um dos assuntos principais para o que definiu como “pauta expressa”.

A CULPA É DAS ESTRELAS,SE APRESENTA EM BARUERI

Adaptação do livro mais vendido do ano no Brasil busca atrair jovens para o teatro

fotos: Ingrid Oldenburg
A peça “A Culpa é das Estrelas, OK?” fará sua estreia no Teatro Municipal de Barueri,28 de março ás 20 horas no Teatro Municipal de Barueri

A culpa é das estrelas, OK? narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. 

Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas, OK? é uma obra ambiciosa e emocionante, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.

E agora de forma cênica adaptada para um lindo espetáculo teatral, promete emocionar e encantar a todos... Imperdível!
fotos: Ingrid Oldenburg

PREÇO:R$25,00 (para todo mundo venda antecipada até a véspera)

FICHA TÉCNICA:
Adaptação: Robson Guimarães e Pedro Ribeiro
Direção: Sebastião Apolonio
Assistente de Direção: Pedro Ribeiro e JC Rocco
Elenco: Rodrigo Giacom, Sabrina Lee, Ingrid Oldenburg, Vitor Fadul e Arnaldo Ajani
Produção Nacional: RT e LPT

SERVIÇO:
“A Culpa é das Estrelas, OK?”
Censura: Livre
Gênero – Romance

Duração: 80 minutos

Rua Ministro Raphael de Barros Monteiro, 255
Jardim dos Camargos - Barueri - SP

Fone: (11) 4198-0972

sábado, 21 de março de 2015

Governo detecta recrutamento de jovens pelo Estado Islâmico


Relatórios de inteligência indicam que grupo extremista tenta criar ‘lobos solitários’ no País para ataques; principal preocupação de autoridades é com segurança da Olimpíada no Rio
Setores de inteligência do governo brasileiro detectaram tentativas de cooptação de jovens no País pelo Estado Islâmico (EI) para atuar como “lobos solitários” - extremistas que, por não integrar as listas internacionais de terroristas, têm mais mobilidade e são capazes de fazer atentados isolados e imprevisíveis em diferentes países. 



Um dos objetivos dos relatórios é alertar a presidente Dilma Rousseff de que, apesar da tranquilidade até agora do governo brasileiro, há um “fator de risco” que não pode ser desprezado. Envolvidos na discussão dizem que “a luz amarela está acesa”. Fontes envolvidas afirmaram à reportagem que o tema foi alvo de discussão na última semana na Casa Civil.

Participaram representantes de nível operacional do Ministério da Justiça e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), da Polícia Federal e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Pelas investigações, apesar de o Brasil não ter histórico de terrorismo, o interesse do EI é ampliar o espectro de recrutamento de novos militantes, hoje concentrado na Europa, para a América do Sul. Policiais europeus já estiveram em Brasília no mês passado para troca de informações com o governo brasileiro.

Desmatamento aumentou 282% na Amazônia Legal em fevereiro

O desmatamento da Amazônia foi de 42 quilômetros quadrados em fevereiro de 2015, um aumento de 282% em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando foram devastados 11 quilômetros quadrados. Os números são do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), mantido pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). O SAD produz um monitoramento não oficial da Amazônia Legal - área que se estende por mais de 5 milhões de quilômetros quadrados em 9 Estados - e tem seus dados divulgados mensalmente.
De acordo com o boletim do Imazon, em fevereiro o desmatamento se concentrou em Mato Grosso (37%), Roraima (28%), Amazonas (16%), Pará (14%) e Rondônia (5%). Os municípios mais desmatados foram Porto dos Gaúchos (MT) e Vitória do Xingu (PA).
A maior parte da destruição ocorreu em áreas privadas: 79%. O restante foi registrado em assentamentos de reforma agrária (18%), unidades de conservação (2%) e terras indígenas (1%).
A devastação acumulada nos sete primeiros meses do calendário oficial de medição do desmatamento - entre agosto de 2014 e fevereiro de 2015 - chegou a 1.702 quilômetros quadrados. O aumento foi de 215% no período anterior, quando foram desmatados 540 quilômetros quadrados.
Entre agosto de 2014 e fevereiro de 2015, o Mato Grosso desmatou 595 quilômetros quadrados, o que corresponde a 35% de toda a área devastada. O Pará desmatou 433 e Rondônia 342 quilômetros quadrados, o que corresponde, respectivamente, a 25% e 20% da área florestal destruída.
Além dos dados sobre o corte raso, o boletim inclui os números sobre florestas degradadas - aquelas que não foram inteiramente suprimidas, mas foram intensamente exploradas ou atingida por queimadas. Em fevereiro, as florestas degradadas somaram 49 quilômetros quadrados - o que representa uma redução de 2% em relação a fevereiro de 2014, quando foram registrados 50 quilômetros quadrados de florestas degradadas.
Os dados obtidos pelo SAD em fevereiro têm limitações, já que mais da metade da área florestal da Amazônia Legal (59%) estava coberta por nuvens e, portanto, fora do alcance dos satélites. Em fevereiro de 2014, a cobertura de nuvens foi ainda maior, deixando 69% da área inacessível ao monitoramento. O boletim do Imazon destaca que, por causa dessas condições, os dados de desmatamento e degradação florestal para fevereiro podem estar subestimados.
O SAD utiliza imagens dos mesmos sensor e satélite empregados pelo sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que fornece ao governo federal as informações sobre as novas áreas de desmatamento na Amazônia. As metodologias utilizadas pelo Inpe e pelo Imazon, porém, são diferentes - o que explica eventuais disparidades entre os resultados dos dois sistemas.

quinta-feira, 12 de março de 2015

Caminhoneiros podem retomar nesta 6ª feira bloqueios nas estradas

Caminhoneiros que estavam em greve até a semana passada podem voltar com os bloqueios nas estradas amanhã, a partir da meia-noite. 

Os trabalhadores estariam conversando por WhatsApp e tentando mobilizar grupos na Região Sul do País, sobretudo no interior de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. A categoria parece ter se dividido: uma parte acredita que o obtido até o momento é satisfatório; a outra quer insistir no pedido de redução do preço do óleo diesel e quer ainda crédito subsidiado para custeio.

Segundo o deputado Osmar Terra (PMDB-RS), ele e outros parlamentares estiveram em reuniões com integrantes do governo. Um grupo tenta se encontrar com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, para apresentar a demanda de redução de PIS/Cofins no óleo diesel.

"Tudo está sendo feito pelo WhatsApp e os grupos envolvidos seguem a rota da soja. Se não tiver uma sinalização até amanhã (hoje), pelo menos com anúncio de crédito subsidiado para custeio, eles podem parar", afirmou o deputado. "O grosso dos manifestantes são líderes locais, não existe um líder único. 

Solidariedade lança abaixo-assinado visando impeachment de Dilma

O partido Solidariedade lançou nesta quinta-feira um abaixo-assinado com objetivo de coletar um milhão de assinaturas para pedir formalmente o impeachment da presidente Dilma Rousseff, argumentando que ela perdeu as condições de governar.

O presidente da legenda, deputado Paulo Pereira da Silva (SP), o Paulinho da Força, disse a jornalistas, em Brasília, que pretende colher pareceres de pelo menos 10 juristas nas próximas semanas para embasar juridicamente o pedido de impeachment, mas que vai aproveitar os protestos convocados para domingo contra a presidente e o governo para conseguir o apoio popular.

"Nós estamos convencidos de que a presidente Dilma não tem mais condições de tocar o Brasil", disse Paulinho, que também foi presidente da Força Sindical, uma das maiores centrais sindicais do país.

"Tem uma insatisfação muito grande no Brasil inteiro, o que leva o partido a ser então porta-voz dessa opinião pública no Congresso Nacional. E assim que tivermos um milhão de assinaturas nós daremos entrada ao pedido de impeachment", afirmou o parlamentar.
Mais cedo, o ministro das Relações Institucionais, Pepe Vargas, disse que os protestos pró-impeachment contra a presidente cheiram "a golpe".

Questionado sobre a declaração, Paulinho disse que o impeachment está previsto na Constituição e não é golpe.

Dilma afirmou, em entrevista a jornalistas esta semana, que as manifestações fazem parte da democracia, mas que para pedir o impeachment é preciso haver razões.
"Eu acho que há que caracterizar razões para o impeachment e não o terceiro turno das eleições", disse Dilma.

quarta-feira, 11 de março de 2015

Após 15 dias afastado, prefeito de Barueri,Gil Arantes reassume cargo

O prefeito de Barueri, Gil Arantes (DEM), volta ao cargo na manhã de Quinta - feira (12) após ficar 15 dias afastado. 

Ele havia deixado o cargo no fim de fevereiro por decisão da Justiça. O político é acusado por irregularidades em licitações e enriquecimento ilícito.


Na Quarta - feira (11),o Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou a liminar do TJSP(tribunal de justiça de São Paulo) que afastava o prefeito Gil Arantes.

O prefeito está em seu terceiro mandato,e avisa que recuperará o tempo perdido,e que o bem sempre prevalecerá.

Logo mais estaremos trazendo maiores informações.


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Morre policial a quem a CIA encomendou a morte de Zé Dirceu

Morreu nesta terça-feira um dos maiores investigadores do Brasil: Herwin de Barros, conhecido na polícia de São Paulo como “Brucutu”.
Meu velho amigo, Herwin tinha peripécias mil a contar. Acabo de lembrar de uma: o ex-presidente FHC havia fixado o decreto-lei que tornava inafiançável a posse de armas privativas das Forças Armadas.
Um dia antes na validação do decreto, Herwin conseguiu que eu comprasse, de eu traficante de armas, um fuzil Sniper, com mira telescópica que guardo até hoje. A história foi manchete principal do também finado Jornal da Tarde. E saiu na manchete do Jornal do Boris,  em reportagem de Britto Junior. Entreguei o fuzil ao delegado Joaquim Dias Alves, da Polícia Civil de São Paulo,no dia que o decreto foi publicado: tudo para não ser preso.
Vou repetir um post deste blog, de junho do ano passado, quando Herwin me entregou uma carta que fez a José Dirceu, a quem salvou a vida: e pagou caro por isso…
 Confira:

Ação judicial no Piauí determina suspensão do WhatsApp no Brasil

O Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí confirmou a existência de uma ordem judicial que exige a suspensão do aplicativo WhatsApp em todo o território nacional.
Mesmo tendo caráter sigiloso, a decisão do juiz Luiz de Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, tomada no dia 11 de fevereiro, vazou na internet nesta quarta-feira (25).  O serviço não foi interrompido ainda porque os provedores teriam entrado com recurso na Justiça contra a decisão de Correia. 
A sentença, segundo esclareceu o Núcleo de Inteligência, foi expedida em virtude de anterior descumprimento judicial do WhatsApp. Como as ações correm em segredo de justiça, não foram revelados os tipos de descumprimentos, mas, como aponta o órgão, estão baseadas em infrações referentes ao Marco Civil da Internet.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Justiça determina o afastamento do prefeito de Barueri, Gil Arantes

O Tribunal de Justiça de São Paulo, decidiu solicitar o afastamento de Gil Arantes (DEM) do cargo de prefeito de Barueri (SP) enquanto durar a instrução do processo criminal.
O pedido, contudo, teve dois votos a favor e um contra. 

A saída do prefeito do cargo foi considerada para que se evite que Gil Arantes intimide testemunhas - como servidores públicos da prefeitura.

Os advogados do prefeito vão entrar com recurso após a publicação do acórdão. Por não ter tido a decisão do afastamento unânime, a defesa do prefeito vai tentar mantê-lo no cargo até nova decisão em instância superior.

Se Gil tiver de se afastar, assume o vice-prefeito  Dr.Jaques Munhoz (PTB).
De acordo com informações do TJ-SP, Arantes, como chefe de Executivo municipal, tem a prerrogativa de ser processado criminalmente pelo Tribunal de Justiça, daí a instrução ter sido entregue à Corte paulista.

Eleito prefeito da cidade pela terceira vez em 2012 (havia ocupado o cargo em 1997 e 2000), Gil Arantes também foi deputado estadual da cidade.

Em defesa, os investigados alegaram que a denúncia é inepta, pois não apontou os elementos sobre os quais recaíram as condutas descritas em lei. 
Afirmaram também que as desapropriações foram idôneas.
Em nota o prefeito diz que irá recorrer.

Prefeito de Barueri recebe lideranças do PDT

Na manhã da segunda-feira, 23, o prefeito de Barueri Gil Arantes (DEM) recebeu em seu gabinete lideranças do Partido Democrático Trabalhista (PDT). O encontro serviu para solidificar os laços do governo municipal com a legenda.

Estiveram no Paço Municipal o deputado federal Major Olímpio Gomes, o secretário-geral do partido e superintendente da Regional do Trabalho em São Paulo Luiz Antônio de Medeiros, o presidente da sigla na cidade José de Souza Lima, além dos vereadores pedetistas Miguel de Lima (vice-presidente da Câmara) e Celso Calegare (primeiro-secretário), e do secretário de Saúde Antonio Carlos Marques, que também foi eleito vereador pelo PDT. 

“O PDT está bem forte aqui em Barueri e tem nos ajudado muito a administrar a cidade. Além da militância fiel, tem dois vereadores atuantes e o Dr. Antonio na Secretaria de Saúde.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Wanderson valoriza seu retrospecto de sete vitórias e só uma derrota em 10 jogos contra o Avaí e enaltece liderança da Chapecoense

O volante Wanderson tem 158 jogos com a camisa da Chapecoense. Dessas 158 partidas, 10 foram contra o Avaí e o camisa 5 da Chape tem um retrospecto bastante favorável contra a equipe da capital. Até então, foram sete vitórias, dois empates e somente uma derrota. O último sucesso de Wanderson diante do Avaí aconteceu ontem (quinta-feira), quando em pleno o estádio da Ressacada o time treinador por Vinícius Eutrópio bateu o Leão da Ilha por 1 a 0.

Sobre o ótimo retrospecto contra o Avaí, Wanderson emite sua opinião e demonstra felicidade com a trajetória positiva diante do clube azurra. “São sempre jogos difíceis e decisivos. O Avaí é uma grande equipe e nesses 10 partidas a Chapecoense sempre entrou muito concentrada, acho que esse é o segredo. Um pouco de sorte também ajuda, mas acredito que a sorte acompanha quem trabalha forte, como é o nosso caso. Fico feliz pelo retrospecto e espero conquistar mais resultados positivos contra eles”, declarou Wanderson, um dos jogadores que acompanhou esse crescimento do Verdão nas últimas temporadas.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Dirceu era "Bob" na contabilidade da propina,ele sabia de tudo diz doleiro,

O doleiro Alberto Youssef disse, em um depoimento no acordo de delação premiada, que o ex-ministro José Dirceu era chamado de “Bob” na contabilidade do esquema de propina da Petrobras. Segundo o delator, o petista condenado no julgamento do mensalão era uma das pessoas indicadas para receber dinheiro ilícito entregue por Julio Camargo, executivo da Toyo Setal, ao PT.

“O dinheiro que era entregue pelo declarante em São Paulo servia para pagamentos da Camargo Correa e da Mitsue Toyo ao Partido dos Trabalhadores, sendo que as pessoas indicadas para efetivar o recebimento eram João Vaccari e José Dirceu”, diz o trecho do depoimento prestado em outubro e divulgado hoje.

Vaccari é tesoureiro do PT e já foi indicado como possível recebedor de até US$ 200 milhões pelo partido no esquema, segundo afirmou o ex-gerente da Petrobras Pedro José Barusco Filho, em depoimento divulgado na semana passada. 

Segundo o depoimento, a contabilidade da propina era gerenciada por um homem de confiança de Camargo identificado como Franco Clemente Pinto. As planilhas eram armazenadas em um pen drive e acessadas por senha. Enquanto Dirceu seria identificado por “Bob”, o doleiro era chamado de “Primo” nas anotações. 

Governo suspende a venda de 70 planos de saúde de 11 operadoras

As vendas de 70 planos de saúde de 11 operadoras serão suspensas a partir da próxima quinta-feira (19). Isso significa que temporariamente eles não poderão ter novos clientes, mas o atendimento aos atuais consumidores continua normal.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (12) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Segundo a ANS, a suspensão foi determinada porque as empresas não respeitaram os prazos máximos de atendimento aos clientes e negaram, indevidamente, algumas coberturas.

O objetivo da medida é impedir novas contratações e, ao mesmo tempo, garantir o atendimento aos cerca de 580 mil consumidores que já possuem contratos dos planos suspensos.

As empresas Unimed Paulistana e Viva Planos de Saúde, de Pernambuco, foram as que tiveram a maior quantidade de planos suspensos. A Unimed Paulistana está proibida de vender 24 planos. No caso da Viva, a comercialização de 17 planos será suspensa. 

O UOL entrou em contato com a assessoria de imprensa da Unimed Paulistana e aguarda retorno. A reportagem não conseguiu entrar em contato com a Viva Planos de Saúde.

A lista com todos os planos suspensos pode ser acessada no site da ANS: http://zip.net/brp9ZJ
Venda de 43 planos poderá ser retomada

Ao mesmo tempo em que determinou a suspensão da venda de alguns planos, a ANS autorizou a retomada, também a partir da próxima quinta-feira, da comercialização de 43 planos. A lista completa também pode ser consultada no site da agência: http://zip.net/bvqM33

Esses planos tinham sido alvo de suspensão anterior, mas, segundo a agência, as operadoras conseguiram comprovar melhoria no atendimento nos últimos três meses.

A ANS vem anunciando proibições de vendas de planos desde o final de 2011. Desde o início das ações, 1.043 planos de 143 operadoras já tiveram as vendas suspensas. Outros 890 planos voltaram ao mercado após comprovar melhorias no atendimento. 

A medida é aplicada com base nas reclamações recebidas nos canais de relacionamento da agência por telefone (0800 701 96560), pela internet (http://zip.net/bfphTX) e pessoalmente em 12 núcleos de atendimento existentes nas cinco regiões do país.
As informações são do site UOL

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Preso, goleiro Bruno entra em acordo com Flamengo e receberá R$ 600 mil

O goleiro Bruno, que está preso desde julho de 2010 e cumpre pena de 22 anos e 3 meses de reclusão pela morte da ex-amante Eliza Samudio, entrou em acordo com o Flamengo para receber salários e direitos de imagem que estavam atrasados. O atleta aceitou receber R$ 600 mil. A dívida foi contraída pelo clube durante passagem de Bruno pela Gávea, entre 2008 e 2010.
O jornal Lance! publicou que a intenção do goleiro – atualmente com 30 anos – era receber R$ 2 milhões. Bruno cobrava esse valor na Justiça, através da 6ª Vara da Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro, desde 2011. O acordo, no entanto, encerrou a briga judicial.
Segundo a publicação, o departamento jurídico do Flamengo comemorou o desfecho, pois conseguiu diminuir a dívida com Bruno para mais da metade. Com correção monetária e impostos, o montante a ser recebido pelo atleta pode chegar perto de R$ 1 milhão.
O Flamengo afirma que "o fato de o goleiro estar preso não tira do clube a obrigação de arcar com pendências com seus ex-atletas. Mesmo as pendências relacionadas a compromissos assumidos por diretorias anteriores à atual".
Bruno tem direito a receber R$ 600 mil, mas ainda irá esperar. O goleiro entra na fila do Ato Trabalhista do Flamengo. O acordo, alinhavado com o Tribunal Regional do Trabalho, destina todos os meses parte da verba arrecadada pelo clube para pagamento de dívidas trabalhistas. Bruno está na fila para garantir seu dinheiro.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Número de devedores cresce 3,12% em um ano, mas aumento é o menor desde 2010

O número de consumidores com débitos em atraso cresceu 3,12% em janeiro deste ano, em comparação com igual mês do ano passado, na menor variação anual para meses de janeiro desde 2010, quando a pesquisa começou. Com relação a dezembro, houve alta de 0,15%, informaram hpje (10) o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL),

Atualmente, existem cerca de 54,6 milhões de consumidores inscritos em serviços de proteção ao crédito no país. A maior parte dos devedores em atraso em janeiro deste ano (26,87%) eram pessoas com idade entre 30 e 39 anos. Em seguida, vieram os devedores que tinham de 40 a 49 anos, que representavam 19,38% do total em janeiro; os que tinham de 50 a 64 anos (17,03%); os que estavam ma faixa de 25 a 29 anos (13,9%) e os de 18 a 24 anos (9,97%).

Quanto ao número de dívidas, houve alta de 2,4% em janeiro passado, na comparação com o mesmo mês de 2014. A média de dívidas para cada consumidor inadimplente ficou em 2,074. Os segmentos que mais registraram aumento no volume de dívidas dos consumidores foram as empresas de comunicação, que prestam serviços de telefonia, TV a cabo e internet (alta de 9,84%) e as concessionárias de água e luz (8,35%). No segmento do comércio, houve retração de 0,54% no número de dívidas.
Agência Brasil

Para economistas do SPC Brasil, “o ritmo de desaceleração da inadimplência, observado desde junho de 2014, não encontra como explicação principal uma conjuntura econômica positiva, mas um contexto de fraca atividade econômica combinada com a freada na tomada de empréstimos”.

Matarazzo protocola pedido de CPI das ciclovias na Câmara de São Paulo

O líder do PSDB na Câmara de Vereadores de São Paulo, Andrea Matarazzo, protocolou na tarde desta terça-feira um pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar ciclovias na capital paulista. O projeto, que é uma das principais vitrines do prefeito Fernando Haddad (PT), foi pauta de uma reportagem da revista Veja São Paulo, que trouxe um cálculo de custo médio de R$ 650 mil por quilômetro construído de ciclovias na cidade.
A reportagem também afirmou que o Tribunal de Contas do Município (TCM) reclamava o envio de documentos com informações sobre a contratação da construção de ciclovias pela gestão municipal, sem sucesso. A Prefeitura emitiu nota em resposta à reportagem. O documento da secretaria de Comunicação Municipal disse que o cálculo da reportagem foi feito de forma equivocada ao considerar projetos em condições especiais, como a ciclovia da Avenida Paulista, da Amaral Gurgel e da Faria Lima, e que, excluídos os três projetos, o custo médio por quilômetro é de R$ 180 mil. A nota da Prefeitura diz ainda que a reportagem usa "achados preliminares" do TCM e lamenta a "precipitação na divulgação".

Governo e Sabesp desconhecem dimensão da crise hídrica no Estado

Pouco se sabe sobre a real situação dos municípios do Estado de São Paulo quando o assunto é falta de água. Relatos de problemas de distribuição tanto na capital quanto em outras cidades existem, mas os dados, pelo menos, não são oficializados ou divulgados. Ambos os órgãos estaduais – Sabesp e Secretaria de Recursos Hídricos – não têm mapeamento sobre quantos e quais seriam os municípios afetadas pela crise da água.

De acordo com a Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, muitos dos 645 municípios do Estado têm serviços autônomos de distribuição de água e, portanto, o governo estadual não tem como gerenciar a questão que cabe a cada município.

Uma afirmação que não se justifica. Apesar de muitos municípios paulistas terem a gestão da água, caberia ao Estado ter informações sobre a situação global. Tanto que no dia 29 de janeiro o governador Geraldo Alckmin se reuniu com a presidente Dilma Rousseff para falar do projeto de ligação do rio Paraíba do Sul (RJ) ao Sistema Cantareira.

New York-Times

BBC Brasil

Cotação

CLIMATEMPO